26/07/2017

Madrugada de Terror no Acampamento Urbano Carlos Leite em Crateús

 

Por volta de uma hora da madrugada de hoje (26/07/17), cerca de 30 homens atacaram de surpresa o acampamento urbano Carlos Leite, localizado atrás do loteamento Mãe Rainha, no bairro Morada Nova em Crateús. O acampamento ocupou um terreno do município, ação faz parte da luta pelos direitos à moradia de dezenas de famílias sem teto. O acampamento é apoiado pela Frente Social Cristã.

As famílias relataram que os homens chegaram efetuando vários disparos com arma de fogo, incendiaram as barracas onde crianças e mulheres grávidas dormiam, agrediram com bastante violência os homens e chegaram a bater em algumas mulheres. Além dessas agressões, o bando ainda queimou alguns celulares na tentativa de evitar as gravações, incendiaram bicicletas, atiraram nas panelas e derramaram os suprimentos das famílias. Foram encontradas no local cápsulas de pistola de calibre 40 de uso da polícia militar.

As famílias estavam visivelmente transtornadas e era nítida as marcas de agressões físicas nos corpos de algumas pessoas. De acordo com os relatos dos acampados, pessoas ligadas ao loteamento estiveram por três vezes no acampamento fazendo abordagens intimidadoras, ameaçando as pessoas e exigindo a saída do local.

Ainda na manhã de hoje, as famílias receberam apoio da Cáritas Diocesana de Cratéus, Comissão de Direitos Humanos da OAB, Frente Social Cristã, Circulo de Cultura Margem Esquerda, Sindicato dos Professores/as, FEC e MST.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Crateús, Marcelo Cavalcante, disse que era inadmissível esse tipo de comportamento violento e que a Comissão de Direitos Humanos da OAB acompanhará as investigações que estão sendo conduzidas pela delegada Regional de Polícia Civil, Dra. Ana Scotti. Os acampandos estão na delegacia para prestar depoimentos sobre o ocorrido.

Na tarde desta quarta feira, às 17 horas, será realizada uma assembléia comunitária do acampamento, com a presença dos movimentos sociais e sociedade civil para discutir as novas ações de resistência pelo direito à moradia e a Comissão de Direitos da OAB informará sobre o andamento das investigações.

            O Acampamento e a Frente Social Cristã pedem o apoio à sociedade para doação de alimentos e lonas. As doações podem ser entregues na sede da Frente Social Cristã, Rua. Dr. Júlio Lima, 1014, Centro – Crateús e na Cáritas Diocesana de Crateús, rua Frei Vidal da Penha, 1605, Bairro São José, Crateús.

 

Outras Informações:

Frente Social Cristã – (88) 99631-8626

Cáritas Diocesana de Crateús – (88) 3691-2469

Delegacia Regional de Polícia Civil – (88) 3692-3308

 

Informações: Equipe Cáritas Diocesana de Crateús